06/03/2008

Inspire respire transpire

Malhação intermitente

Segundo novo estudo, quem pára de se exercitar pode ganhar mais peso do que o que foi perdido durante a atividade; praticar algo que dê prazer ajuda a manter assiduidade

JULLIANE SILVEIRA
DA REPORTAGEM LOCAL

Os dias mais quentes ficam para trás e aumentam as camadas de roupa para esconder o corpo. Esta parece ser a época certa para pensar em deixar a academia de lado, depois de uma temporada de exercícios intensos para exibir um corpo em ordem no verão. Pelo menos é o que mostram os números: em três grandes redes de academias de São Paulo consultadas pela Folha, o período com menor procura e maior desistência de alunos começa no final deste mês e segue outono e inverno adentro.
O problema, alerta uma pesquisa divulgada em fevereiro pelo "American College of Sports Medicine", é que a fase de parada favorece um ganho de peso maior do que o perdido durante a prática esportiva. "As pessoas deveriam ter em mente que os benefícios do exercício não são um depósito de banco. O que afeta a saúde é o que fazem hoje, e não o que costumavam fazer", alerta o pesquisador Paul Williams, do departamento de ciências da vida do Laboratório Nacional Lawrence Berkeley, na Califórnia (EUA).
Ele avaliou, durante sete anos, 17.280 homens e 5.970 mulheres. Concluiu que aqueles que corriam pequenas distâncias (até oito quilômetros por semana) estavam mais sujeitos a ganhar peso quando pararam do que os que se exercitavam mais. "Não sabemos ao certo quanto tempo de parada levaria ao ganho de peso. Eu imagino que de seis meses a um ano", disse Williams à Folha.
O estudo mostra ainda que a diminuição nas distâncias da corrida causa ganhos significativos de peso em todos os níveis, mas o aumento na balança é progressivamente maior à medida que o corredor se aproxima do sedentarismo. Especialistas brasileiros acreditam que o aumento de peso pode ser explicado pelos hábitos alimentares adquiridos durante a prática dos exercícios. "A pessoa se propõe a nadar três vezes por semana e, por conta disso, passa a ingerir mais calorias. Então, pára de freqüentar, não diminui a ingestão de comida e adquire quilos extras", diz a endocrinologista Zuleika Halpern, uma das diretoras do departamento de obesidade da SBEM (Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia).
Para Williams, medir a ingestão calórica com a precisão necessária para computá-la em ganho ou perda de peso é difícil -o dado não foi considerado na pesquisa. "Provavelmente, parte do peso adquirido corresponde à compensação, pela dieta, da energia gasta ao começar a se exercitar."
Isso ocorre porque, em geral, quanto menos uma pessoa se exercita, menos se compromete com a atividade e tem menos disposição para fazer compensações (como diminuir a ingestão calórica) a fim de evitar ganhos de peso, se parar de praticá-la. É a explicação do fisiologista do exercício Turíbio Leite Barros Neto, coordenador do Cemafe (Centro de Medicina da Atividade Física e do Esporte), da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo). "É uma questão comportamental. Ela não se envolve tanto na atividade e fica mais próxima de desequilibrar a relação gasto/ingestão de calorias."
Em contrapartida, muitas pessoas assumem metas irreais no verão, com dietas extremamente restritivas e exercícios vigorosos demais, difíceis de manter por muito tempo. Quando deixam de lado ambas as "estratégias", tendem a relaxar demais e voltam a se alimentar como antes.
Além disso, diz o médico, tudo o que o corpo reconhece como estímulo é usado para desencadear um mecanismo adaptativo, o que acontece também com o gasto de calorias: o indivíduo ativo terá maior consumo energético do que o sedentário. Em suma, quem possui mais massa magra tem um consumo maior de calorias por quilo de peso do que o indivíduo com mais tecido gorduroso. E a vida sedentária ajuda na diminuição da massa muscular e no aumento da gordura corporal, uma vez que músculos são bastante flexíveis -da mesma forma que aumentam quando estimulados, diminuem se não são exercitados.

Articulações
Além da dificuldade para manter o peso, o exercício intermitente também oferece outros riscos, como a sobrecarga das articulações e dos tendões. O problema, na verdade, está em acreditar que, mesmo se exercitando somente em algumas fases da vida, o condicionamento físico se mantém.
"Quem faz atividade física e pára é, de fato, um sedentário", alerta o ortopedista Ricardo Cury, diretor do Comitê de Cirurgia do Joelho da SBOT (Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia). E, quando volta a praticar exercícios, tem os riscos de um inativo, como o maior potencial de lesões. "O mais lamentável é que esse indivíduo perde os benefícios da atividade física em relação à capacidade cardiorrespiratória, ao controle de pressão arterial e de glicemia e à obesidade. E, quando quer tirar o atraso, algo típico do pré-verão, muitas vezes com tempo insuficiente para adquirir condicionamento, pode ter problemas ortopédicos, como inflamação nos tendões", diz.
Com esse hábito, o organismo acaba sofrendo agressões em vez de criar um mecanismo de adaptação progressivo e de manutenção. Isso sem falar nos riscos de morte súbita por excesso de esforço do coração, já conhecidos. "O aluno acha que está adaptado porque treinou um tempo na academia, mas parou ou freqüenta irregularmente. Quando volta, quer seguir o treino de antes, mas precisa necessariamente de uma readaptação", diz Mauro Cardaci, coordenador da musculação da rede de academias Fórmula.
Isso acontece porque, no Brasil, a atividade física ainda é vista pelos praticantes com fins puramente estéticos, e não como estilo saudável de vida, justifica o diretor técnico da rede Bioritmo, Saturno de Souza. "Menos de 2% dos brasileiros praticam sistematicamente algum esporte e muitos buscam resultados rapidamente sem entender que os de médio e longo prazos são muito maiores: força muscular, resistência e melhora do sistema cardiovascular."
Para os que se preocupam com a beleza, o hábito de se exercitar irregularmente também traz prejuízos estéticos: o vai-e-vem de peso pode causar pele e músculos flácidos. "O problema é o efeito rebote, que é mais forte com o passar do tempo, uma vez que a massa muscular diminui com o passar dos verões e é mais difícil correr atrás do prejuízo da parada", explica Barros Neto.

Gostar para não deixar
A empresária Maria Ines Moane, 40, passou por diversas academias durante dez anos, sem se fixar em nenhum tipo de exercício. "Não gostava de nada, não me sentia motivada, mesmo ganhando peso entre uma atividade e outra ", conta. Há quatro anos, experimentou aulas de danças étnicas, que pratica até hoje. "Não queria só malhar, queria me alongar, me aproximar dos colegas. Para mim, o bom da dança é a interatividade." Agora, ela freqüenta o estúdio três vezes por semana, durante uma hora e meia.
Maria Ines percebeu que o mais importante para mantê-la assídua era ter empatia com o exercício. O que deu certo. "O melhor exercício é o de que se gosta e isso é muito pessoal, tem a ver com a personalidade, o que pode ser decisivo para o aluno persistir ou não", diz Mauro Guiselini, diretor do Instituto Runner de Pesquisa.
Para o fisiologista Turíbio Leite Barros Neto, aliar exercícios e prazer é a saída para se exercitar ano após ano. "Manter um nível de atividade sem desacelerar é muito difícil. Por isso, é preciso buscar uma rotina agradável, não encarar como obrigação, mas sim como fonte de prazer."
Márcio Mancini, endocrinologista e presidente da Abeso (Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e da Síndrome Metabólica), concorda: "O indivíduo não deve buscar soluções radicais, mas, sim, conseguir se imaginar praticando aquela atividade daqui a dez anos".
É assim que o analista de sistemas André Pasqualini, 33, pensa ao pedalar 26 km por dia para ir e voltar do trabalho. Ele, que não conseguia passar mais de três meses na academia por falta de tempo e pelo "tédio", emagreceu dez quilos após adotar a bicicleta como meio de transporte. "Não faço restrição alimentar nenhuma e mantenho meu peso. Se tenho boa saúde, devo à bicicleta." Ele ainda criou um site para trocar informações sobre ciclismo e participa todo mês da Bicicletada, um evento que reúne ciclistas para pedalar à noite em São Paulo.
O ideal é experimentar diferentes atividades, buscar informações sobre os benefícios e tolerar as etapas necessárias para começar a enxergá-los. Essa era a principal dificuldade da administradora Renata Leal Costa, 37, que não tinha disciplina e desistia de malhar antes de perceber as mudanças em seu corpo. "Quando me permiti ficar mais tempo na academia, comecei a gostar, ver que não era tão difícil. Fiquei viciada, pois me alimento e durmo melhor", diz ela, que conta com a ajuda de uma personal trainer para variar os exercícios e estimulá-la nos "dias de preguiça".
"É até uma questão de química cerebral, em um processo complexo que envolve as endorfinas, hormônios do prazer: quem vibra quando faz exercícios e se sente recompensado tem a atividade mais facilmente incorporada à rotina e dificilmente vai parar", afirma Barros Neto.

 


[+] corrida
Rodolfo Lucena

Mulheres nas ruas

É lindo ver uma mulher correndo. Não se trata só do prazer estético: a presença feminina nas corridas de rua, nos treinos em praças, nas maratonas e nas competições diz que nossa sociedade está ficando um pouquinho melhor, menos repressora, menos discriminatória. Pode não ser boa, pode estar longe do ideal, mas é melhor do que já foi.
Na França, o voto feminino foi permitido na década de 1940. Em 1975, as suecas conquistaram o elementar direito ao aborto. Mas só em 1984 a maratona olímpica foi aberta à presença feminina.
Os Estados Unidos, terra de homens livres, como diz seu hino, foram palco de ridícula perseguição em 1967, quando um diretor da tradicional maratona de Boston tentou impedir, pela força, a participação de Kathrine Switzer, primeira mulher regularmente inscrita a completar aquela prova.
Ainda hoje, as barreiras caem vagarosamente -literalmente também, pois somente nas Olimpíadas de Pequim, em agosto próximo, será inaugurada a prova de 3.000 m com barreiras para mulheres (em Jogos Pan-Americanos, a estréia foi no Rio, no ano passado).
Mesmo onde a corrida é orgulho nacional, como no Quênia, que tem dado ao mundo algumas das mais talentosas e elegantes corredoras da história -a ex-recordista mundial Catherine Ndereba é só um dos exemplos-, a discriminação entrava o progresso.
Não só por parte de eventuais dirigentes machistas, que buscam favores sexuais das atletas, mas também pela própria tradição do país, segundo uma das primeiras maratonistas olímpicas quenianas, Lydia Stephens-Okech, contou à Reuters.
"As famílias deveriam permitir que as meninas fossem educadas. Muitos pais querem apenas que suas filhas se casem. É uma vergonha se uma garota não se casa."
"Vai lavar louça! Vai pilotar fogão!", gritavam para Angélica de Almeida, primeira brasileira a participar de um mundial de maratonas, quando ela treinava nas ruas de São Paulo, no final da década de 80. Nas competições, não raro sofria empurrões e cotoveladas de homens que não admitiam sofrer a competição feminina (leia entrevista no blog).
Hoje, as coisas são diferentes. Nos EUA, cerca de 40% dos maratonistas são mulheres -a presença caiu um pouquinho de 2005 para 2007, mas demonstra o poderio feminino. No Brasil, a Corpore, uma das principais organizadoras de corridas do país, contabilizou 37% de mulheres em seu quadro. E proliferam as corridas exclusivamente femininas. Que elas corram livres.

 

"Correr melhora a autoconfiança e alivia bastante o excesso de foco da sociedade moderna na 'beleza externa'. Na corrida, você pode estar suada, fedorenta, com o nariz escorrendo e a maquiagem derretendo, e há homens e mulheres que a amam mesmo assim e até a abraçam apertado quando você cruza a linha de chegada."

Dawn Ciccone, cantora profissional e maratonista amadora dos EUA, citada no site WomenRunners.com

RODOLFO LUCENA, 50, é editor de Informática da Folha, ultramaratonista e autor de "Maratonando, Desafios e Descobertas nos Cinco Continentes" (ed. Record) rodolfolucena.folha@uol.com.br
www.folha.com.br/rodolfolucena




:: Postado por Roberta às 10h01
::
::
:: Enviar esta mensagem

UPDATE

Acabei de chegar da academia. Fiz somente aula de running hoje. Aliás, uma aula "meia-boca", já que corro muito pouco...mas valeu a pena!

Descobri que estava na TPM, por isso os "pensamentos obscuros" descritos no post anterior, além de saber de um fato que me desagradou imensamente.

Voltando ao que interessa, a professora de hoje é super legal e disse que eu preciso fortalecer os músculos inferiores prá conseguir correr...a sorte é que eu tinha pedido mesmo pro rapaz que montou meu treino novo, direcionar para um corredor iniciante.

Já dois professores me disseram que esse treinador é um dos melhores da academia...êbaaaaa!

Amanhã tem combat e treino dos músculos inferiores...não sei se vou agüentar, mas tenho que tentar, né?

Quinta-feira vou aumentar os pesos dos membros superiores, pois achei o treino muito fraco...nem senti dor na 1ª vez!

Agradeço de coração o apoio da blogosfera, mas eu não aumentei os músculos não, gente...foram 3 cm de cintura e as roupas estão todas apertadas. Foi aumento de "banha mole" mesmo...rs

Mas eu vou reagir. Prefiro um overtraining a manter essa "borracharia" que não me pertence. [Brincadeirinha]

Mudando de assunto, estava vendo meu horóscopo de março, vejam:

Libra (23/9 a 22/10) - ROMÂNTICA - A libriana compromissada pode investir no romance: caminhada à noite seguida de brigadeiro de colher é uma ótima combinação. Desimpedida? Fique esperta com o saradão que acabou de conhecer. Em compensação, não há motivo prá desconfiar de certo amigo.

Depois da guloseima citada, é melhor estar desimpedida mesmo, não acham? rs

Pessoal, começou a maratona de IRPF, e como vocês já sabem, eu dou uma sumidinha nessa época...mas tentarei vir pelo menos quinzenalmente, ok?

Abaixo as fotos prometidas, tanto dos meus novos "brinquedos", quanto do "relógio fashion" que eu mencionei:

 

 

Beijinhos a todos e obrigada pelos elogios e pelo carinho...

 

 

:: Postado por Roberta às 21h43
::
::
:: Enviar esta mensagem

04/03/2008

BODY COMBAT

Condicionamento físico completo, altíssimo gasto calórico, definição muscular e defesa pessoal são apenas alguns dos comprovados benefícios que este programa pode oferecer, paralelamente ao fato do mesmo apresentar o mais alto grau de motivação entre todas as aulas vistas hoje em academias do sistema.
 

 
I love Body Combat!!!
 
Essa frase me faz lembrar aquelas "correntes" em que as pessoas se reúnem e ficam gritando o nome do produto a ser vendido...
Tem até um produto prá emagrecer, que se utiliza dessa ferramenta (não vou citar o nome, prá não cair na busca do Google).
 
Como podem perceber, eu realmente estou apaixonada por essa modalidade, pena estar usufruindo só parcialmente dos seus benefícios, mas ainda tenho esperanças de emagrecer...
 
E por falar nisso, domingo me deu um desânimo danado...comecei a lembrar de algumas coisas que eu ouvi recentemente, e que levaram minha auto-estima pro pior nível possível. Tento não absorver algumas coisas por saber que não são verdadeiras, mas outras doem tanto que é difícil esquecer...
Comecei a me olhar no espelho e encontrei milhões de defeitos. E pensei: de que adianta se cuidar tanto?
Eu faço dieta, malho, cuido da pele, dos cabelos e mesmo assim não consigo fazer homem nenhum se interessar de verdade por mim...além disso, eu mesma não consigo ver melhoras...o que está errado???
Quanto aos homens, claro que há outras qualidades que interessam bem mais que o físico e que provavelmente eu não as tenha também (pelo menos foi o que me disseram), mas e quanto às melhorias físicas que EU busco?
Tenho que me conformar em ser gorda, dentuça, feia, cheia de acne e com cabelo de vassoura de bruxa???
Nem inteligente eu sou, pois dizem que pessoas inteligentes não lêem livros de auto-ajuda e eu já li milhões (e o pior: eles me ajudaram...rs).
Simpática? Me falaram que eu sou simpática porque sou fingida...
Será possível que não sobrou nenhuma qualidade???
Ai, deixa prá lá...daqui a pouco começo a chorar e vão dizer que estou dando "showzinho"...rs
 
Mesmo depois de toda essa "reflexão sensacionalista", eu decidi continuar insistindo no processo de emagrecimento, afinal eu sempre disse que a condição de vítima não combina comigo, por isso não vou ficar aqui me lamentando e de braços cruzados.
Continuo tentando colocar em prática o meu P.E.R.P. (Plano Emergencial de Redução da Pança), mas confesso que só tenho sido 100% nas atividades físicas...ainda não consegui equilibrar os demais itens.
Quanto às outras reclamações, só nascendo de novo...portanto, me resta aceitar-me do jeito que sou e pronto. Quem gostar de mim tem que aceitar esses milhões de defeitos também...
 
Sábado fui malhar...treinei pernas. Acreditam que eu adorei ir à academia em pleno sábado de manhã??? Acho que estou ficando louca mesmo...rs
 
Por falar em estar louca, minha terapia agora é quinzenal...até eu emagrecer, depois serei "expulsa"...a pobre da terapêuta não me agüenta mais...rsrs
 
Domingo será a minha primeira "corridinha querida" (Jessieeeeeeeee, saudade docê, fia...vai lá!). Serão 10 Km, se eu não voltar a postar tão logo, foi porque não resisti, mas saibam que morri feliz...hehe!
 
Ah, meus pais viajam semana que vem. Apesar do "vazio" que eles deixam, quando viajam eu consigo fazer dieta direitinho, pois eu vou à feira, ao supermercado e não fico rodeada de guloseimas. Preparo minha refeição de acordo com o que aprendi e aí as coisas funcionam...
 
Comprei "brinquedinhos" novos...se der, mais tarde posto fotos...
 
Beijos e fiquem com Deus!
 
 
P.S.: Passei em todos os blogs linkados, mas não consegui comentar em alguns, principalmente do Blogspot, que exige senha...
 
 
 

:: Postado por Roberta às 14h41
::
::
:: Enviar esta mensagem




Nome: Patrícia Roberta
Idade: 33 anos
Cidade: Franco da Rocha/SP
Signo: Libra (04/10)
Estado civil: Solteira
Formação: Bacharel em Ciências Contábeis; pós-graduanda em Administração de RH
Ocupação: Supervisora administrativa de uma empresa de pequeno porte há 16 anos

Altura: 1,63 m
Peso Inicial: 73 Kg (Março/2005)
Peso Atual: 64,9 Kg
IMC Atual: 24,49 (NORMAL - iuuuuupiiiiiii!!!)
Meta: 57 Kg

MSN:
magraesaudavel@hotmail.com
(Por favor, me avise quando me adicionar!!!)


.::MINHAS FOTOS::.


Objetivo: Emagrecimento saudável e definitivo (mas nada impede que eu fale sobre qualquer assunto no MEU blog!)
Ferramentas utilizadas: Dieta ortomolecular/tipo sangüíneo; exercícios aeróbicos 4 vezes por semana e musculação 3 vezes por semana; BLOG (Utilizei medicamentos de 10/2007 a 01/2008)
Maiores desafios: me livrar das crises depressivas; deixar de "comer" emoções; "emagrecer" a cabeça; manter o peso após alcançar a meta
Maiores incentivadores: Minha mãe (que prepara as minhas refeições), minha colega Mara (que indicou o tratamento feito por ela); Maria Augusta (minha médica que tem toda a paciência do mundo comigo); minha terapeuta Lia (que me ouve e não me julga pelas minhas "esquisitices"); minha dermatologista/amiga Célia (que me ouve, me aconselha, me deixa menos feia, eleva meu astral!); meus patrõezinhos queridos (que agüentam cada uma de mim, e além disso me avisam quando começo a "relaxar" com meu corpo!); minhas amigas/amigos blogueiros light (sem comentários...essa "tchurma" levanta até defunto!!!rs)


JÁ ELIMINEI 8,100 KG... MAS AINDA FALTAM 7,900 KG!!!



.:: UM POUCO MAIS SOBRE MIM ::.

Características pessoais: A vida prá mim é URGENTE, tenho "sede" de viver...não suporto a idéia de ficar esperando as coisas "caírem do céu". A palavra COMODISMO passa longe do meu vocabulário...sou muito "intensa"!!! Sou bastante ansiosa, mas vejo isso como um ponto positivo da minha personalidade, afinal é isso que me impulsiona a "correr atrás" de tudo o que quero! O lado negativo disso, é que sou muito controladora, e a possibilidade de perder o controle sobre determinada situação deixa minha ansiedade fora dos limites. Odeio pendências, gosto de resolver as coisas "prá ontem"! Apesar de ser libriana, não sou muito equilibrada (risos!), vivo "extremos": sou calma, e ao mesmo tempo agitada; sou decidida, mas totalmente insegura; sou vaidosa e ao mesmo tempo "desencanada"; sou compreensiva, mas "pavio curto" em muitos casos; sou extrovertida, mas muito tímida (?)...enfim, vivo em meio a essas "ambigüidades". Acredito que a minha maior qualidade seja a SINCERIDADE, o que muitas vezes me deixa em "maus lençóis", já que nem todo mundo gosta de ouvir certas "verdades"! Sou extremamente PERSISTENTE, e acho até que por isso, sempre consigo TUDO o que quero (poderosa, né? hehehe!). Essa persistência toda me torna também um pouco TEIMOSA, mas nada que um bom "puxão de orelha" não resolva (risos!). Meu maior defeito ainda é não saber dizer NÃO, o que me faz muitas vezes abrir mão de meus próprios interesses, em prol de outrem. Sou apaixonada pelo meu trabalho, aliás não consigo me imaginar trabalhando em algo que não gostasse... Sou uma perfeccionista em tratamento, preciso parar de me cobrar tanto, deixar a coisa "rolar" com mais naturalidade. Costumo ter muitos amigos, pois sou muito fiel, e uso o diálogo como ferramenta para sanar possíveis desentendimentos. Amo crianças, e acho que por isso tenho tantos afilhados (risos!). Gosto muito de ler, mas uma das minhas principais paixões é VIAJAR...se tivesse condições financeiras mais favoráveis, faria isso com mais freqüência! Meu maior desafio atualmente, é resgatar a minha AUTO-ESTIMA, totalmente "deteriorada" por vários relacionamentos fracassados, sempre finalizados com TRAIÇÃO (snif!). Acho muito importante cuidar da aparência e bem-estar, se "paparicar" muito, mas SAÚDE ainda é prioridade...sou totalmente contra "modismos" e "excessos" em nome da beleza!

Família: ainda moro com meus pais, que são pessoas simplesmente ma-ra-vi-lho-sas, que estão sempre ao meu lado! Moram conosco também 02 primas minhas. Tenho uma única irmã, a "caçulinha", que é linda, maravilhosa e magérrima...ela é casada e mora em Mogi das Cruzes.

Religião: sou de "formação" católica, porém não suporto dogmas, por isso não freqüento "templo" algum. Acredito em DEUS, no amor, na solidariedade...acho que através do nosso livre arbítrio podemos distingüir o que é certo do errado, aliás, na minha opinião, nada é errado desde que você não prejudique o "próximo". Acho triste a "capitalização" que o ser humano faz da FÉ, afinal prá mim ela é muito importante para a realização de muitos "projetos", e realmente "move montanhas"!

Um sonho frustrado: ter parado de dançar (fiz jazz dos 7 aos 17 anos de idade).

Roberta x Balança: na infância, fui bem magra, com direito a pequenas "chantagens" da minha mãe para que eu comesse, fora as inúmeras vitaminas que eu tomava (Biotônico Fontoura batido com ovo de pata e leite condensado, por exemplo!). Comecei a engordar a partir dos 17 anos, quando parei de praticar atividade física, comecei a ingerir marmitex cheia de "conservantes", tomar medicamentos fortes para acne...enfim, foi uma junção de fatores! A princípio, não me incomodei muito, já que era extremamente magra e fiquei até mais "bonitinha" (risos!), mas com o decorrer do tempo, fui engordando cada vez mais, e sinceramente não sei dizer exatamente quando perdi o controle. Devido a problemas emocionais decorrentes da "vida adulta", fui perdendo as "rédeas" da situação, e claro que o "efeito sanfona" se fez presente. Meu peso mínimo foram 52 Kg (adulta) e o peso máximo 81 Kg. Apesar de já não me considerar gorda, não posso descuidar mesmo, pois tenho forte tendência ao aumento de peso.

[Essa foto é prá que EU não esqueça tudo o que já conquistei...nela estava com uns 71 Kg!]


Métodos que já utilizei para emagrecer:

 

Obs.: Coloquei esses itens para vocês perceberem o grau de dificuldade de me manter no peso, porém acredito que muitos deles poderiam ter sido eficazes, se eu realmente tivesse me determinado a emagrecer...Uma pessoa controladora não pode se utilizar de métodos de relaxamento, como os dois últimos citados, por isso nem posso criticar!

*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-



Alimentos que fazem parte da minha reeducação:

 

Obs.: Não considero nenhum alimento PROIBIDO, mas evito o leite e seus derivados, pois descobri que não são bem digeridos pelo meu organismo; não como muita carne vermelha, até por não fazer questão; evito frituras, mas como quando me dá vontade; como pouco sal por ser hipertensa, e quase não utilizo adoçante, por ter acostumado ao sabor dos alimentos ao natural; Adoro chocolate e doces em geral, essa é minha principal tentação, principalmente na TPM.

*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-




*** MINHA LISTA DE DESEJOS ***


 

- Pesagens -

11/03/2005 - 73,000 Kg
17/03/2005 - 72,800 Kg
24/03/2005 - 70,600 Kg
31/03/2005 - 69,800 Kg
07/04/2005 - 68,500 Kg
11/04/2005 - 67,700 Kg
18/04/2005 - 66,400 Kg
25/04/2005 - 65,400 Kg
02/05/2005 - 63,500 Kg
11/05/2005 - 63,900 Kg
17/05/2005 - 62,900 Kg
25/05/2005 - 62,300 Kg
01/06/2005 - 61,700 Kg
07/06/2005 - 61,700 Kg
13/06/2005 - 63,000 Kg
20/06/2005 - 63,000 Kg
27/06/2005 - 61,900 Kg
04/07/2005 - 61,700 Kg
11/07/2005 - 62,000 Kg
18/07/2005 - 61,200 Kg
25/07/2005 - 62,300 Kg
01/08/2005 - 61,000 Kg
08/08/2005 - 62,500 Kg
15/08/2005 - 61,800 Kg
22/08/2005 - 62,500 Kg
29/08/2005 - 61,100 Kg
05/09/2005 - 60,500 Kg
12/09/2005 - 61,900 Kg
19/09/2005 - 62,300 Kg
26/09/2005 - 63,700 Kg
03/10/2005 - 62,100 Kg
10/10/2005 - 61,900 Kg
24/10/2005 - 63,000 Kg
07/11/2005 - 62,100 Kg
14/11/2005 - 63,500 Kg
28/11/2005 - 65,900 Kg
05/12/2005 - 65,000 Kg
12/12/2005 - 64,100 Kg
19/12/2005 - 65,300 Kg
26/12/2005 - 65,300 Kg
02/01/2006 - 64,300 Kg
09/01/2006 - 63,300 Kg
16/01/2006 - 63,900 Kg
23/01/2006 - 63,000 Kg
30/01/2006 - 62,400 Kg
06/02/2006 - 62,500 Kg
06/03/2006 - 59,500 Kg
20/03/2006 - 59,000 Kg
27/03/2006 - 58,000 Kg
12/06/2006 - 60,600 Kg
19/06/2006 - 59,700 Kg
15/08/2006 - 62,000 Kg
25/09/2006 - 62,400 Kg
30/10/2006 - 62,100 Kg
04/12/2006 - 65,000 Kg
11/12/2006 - 65,800 Kg
18/12/2006 - 64,000 Kg
23/12/2006 - 65,500 Kg
02/01/2007 - 66,100 Kg
09/01/2007 - 64,800 Kg
15/01/2007 - 66,500 Kg
29/01/2007 - 67,700 Kg
05/02/2007 - 66,900 Kg
16/02/2007 - 66,500 Kg
26/02/2007 - 64,600 Kg
05/03/2007 - 64,100 Kg
19/03/2007 - 63,800 Kg
26/03/2007 - 63,900 Kg
31/03/2007 - 63,600 Kg
28/04/2007 - 65,500 Kg
05/05/2007 - 64,500 Kg
01/07/2007 - 64,200 Kg
08/07/2007 - 63,100 Kg
15/07/2007 - 63,700 Kg
22/07/2007 - 64,300 Kg
10/10/2007 - 66,000 Kg
03/01/2008 - 66,000 Kg
18/01/2008 - 65,800 Kg
01/02/2008 - 66,200 Kg
06/02/2008 - 66,300 Kg
08/02/2008 - 66,900 Kg
13/02/2008 - 68,300 Kg
18/02/2008 - 66,500 Kg
25/02/2008 - 67,900 Kg
10/03/2008 - 67,300 Kg
24/03/2008 - 66,700 Kg
31/03/2008 - 64,900 Kg


"Uma longa viagem começa com um único passo..." 

 

(Lao-Tsé)



Batalhas vencidas:


- 13/07/2008 a 19/07/2008
- 08/06/2008 a 14/06/2008
- 01/06/2008 a 07/06/2008
- 25/05/2008 a 31/05/2008
- 18/05/2008 a 24/05/2008
- 11/05/2008 a 17/05/2008
- 27/04/2008 a 03/05/2008
- 20/04/2008 a 26/04/2008
- 13/04/2008 a 19/04/2008
- 16/03/2008 a 22/03/2008
- 09/03/2008 a 15/03/2008
- 02/03/2008 a 08/03/2008
- 24/02/2008 a 01/03/2008
- 27/01/2008 a 02/02/2008
- 20/01/2008 a 26/01/2008
- 13/01/2008 a 19/01/2008
- 06/01/2008 a 12/01/2008
- 30/12/2007 a 05/01/2008
- 14/10/2007 a 20/10/2007
- 19/08/2007 a 25/08/2007
- 22/07/2007 a 28/07/2007
- 01/07/2007 a 07/07/2007
- 10/06/2007 a 16/06/2007
- 13/05/2007 a 19/05/2007
- 22/04/2007 a 28/04/2007
- 15/04/2007 a 21/04/2007
- 01/04/2007 a 07/04/2007
- 18/03/2007 a 24/03/2007
- 04/03/2007 a 10/03/2007
- 18/02/2007 a 24/02/2007
- 28/01/2007 a 03/02/2007
- 31/12/2006 a 06/01/2007
- 17/12/2006 a 23/12/2006
- 10/12/2006 a 16/12/2006
- 03/12/2006 a 09/12/2006
- 19/11/2006 a 25/11/2006
- 12/11/2006 a 18/11/2006
- 05/11/2006 a 11/11/2006
- 29/10/2006 a 04/11/2006
- 22/10/2006 a 28/10/2006
- 15/10/2006 a 21/10/2006
- 01/10/2006 a 07/10/2006
- 17/09/2006 a 23/09/2006
- 10/09/2006 a 16/09/2006
- 27/08/2006 a 02/09/2006
- 13/08/2006 a 19/08/2006
- 30/07/2006 a 05/08/2006
- 16/07/2006 a 22/07/2006
- 09/07/2006 a 15/07/2006
- 25/06/2006 a 01/07/2006
- 11/06/2006 a 17/06/2006
- 04/06/2006 a 10/06/2006
- 14/05/2006 a 20/05/2006
- 09/04/2006 a 15/04/2006
- 26/03/2006 a 01/04/2006
- 19/02/2006 a 25/02/2006
- 12/02/2006 a 18/02/2006
- 05/02/2006 a 11/02/2006
- 29/01/2006 a 04/02/2006
- 22/01/2006 a 28/01/2006
- 15/01/2006 a 21/01/2006
- 08/01/2006 a 14/01/2006
- 01/01/2006 a 07/01/2006
- 25/12/2005 a 31/12/2005
- 18/12/2005 a 24/12/2005
- 11/12/2005 a 17/12/2005
- 04/12/2005 a 10/12/2005
- 27/11/2005 a 03/12/2005
- 20/11/2005 a 26/11/2005
- 06/11/2005 a 12/11/2005
- 30/10/2005 a 05/11/2005
- 23/10/2005 a 29/10/2005
- 16/10/2005 a 22/10/2005
- 09/10/2005 a 15/10/2005
- 02/10/2005 a 08/10/2005
- 25/09/2005 a 01/10/2005
- 18/09/2005 a 24/09/2005
- 11/09/2005 a 17/09/2005
- 04/09/2005 a 10/09/2005
- 28/08/2005 a 03/09/2005
- 21/08/2005 a 27/08/2005
- 07/08/2005 a 13/08/2005
- 31/07/2005 a 06/08/2005
- 24/07/2005 a 30/07/2005
- 17/07/2005 a 23/07/2005
- 10/07/2005 a 16/07/2005
- 03/07/2005 a 09/07/2005
- 26/06/2005 a 02/07/2005
- 19/06/2005 a 25/06/2005
- 12/06/2005 a 18/06/2005
- 05/06/2005 a 11/06/2005
- 29/05/2005 a 04/06/2005
- 22/05/2005 a 28/05/2005
- 15/05/2005 a 21/05/2005
- 08/05/2005 a 14/05/2005
- 01/05/2005 a 07/05/2005
- 24/04/2005 a 30/04/2005
- 17/04/2005 a 23/04/2005
- 10/04/2005 a 16/04/2005
- 03/04/2005 a 09/04/2005
- 27/03/2005 a 02/04/2005
- 20/03/2005 a 26/03/2005
- 13/03/2005 a 19/03/2005


Blogs/Sites que eu visito:

- UOL - O melhor conteúdo
- Meu emagrecimento
- A conquista
- Lu francesa
- Emagrecendo mais uma vez
- A batalha
- Lu russa
- Sou loba
- Emagrecer prá valer
- Quero voar
- Emagrecendo agora
- Andreia magra
- Thuca
- Lilli Marlene
- Laine
- Beleza e dieta
- Mulher de atitude
- Electra
- Emagrecer feliz
- Czinha
- Emagrecer e viver
- Esbelta e feliz
- Quel
- Suco de Laranja
- Espelho light
- Agora vai...gorda nunca mais
- Denise
- Alê rumo aos 70 Kg
- Mell
- Jana
- Notícias da Kris
- Faby
- Cau meu emagrecimento
- Edilene
- Spa da Andreia
- Saudavel Info
- Andreia San
- Rosi Assis
- Carlos
- Aprendendo a viver
- Fabi Queiroz
- Titia sob medida
- Cansei de ser fofucha
- Cinthia
- Sou uma miss
- Letícia Light
- Diário que emagrece
- Meu diário de peso
- Síndrome de Estocolmo
- Marinheira
- Marcia esbelt
- Meu mundo e vocês
- Lara
- Carol
- Lu Russa 2
- Adri 2
- Light evolution
- Tita
- Flockinho
- Ex-formiguinha
- Nicky
- Eliminando todo o peso extra
- Deka de regime
- Operação metamorfose
- Andrea
- Sai fora peso extra
- O canto de Alice
- Lisa
- Ana Xereta
- Mary
- Nanna
- Fabi
- Magra nas Olimpíadas
- Cris Lopes
- De obesa a sarada
- Companheiro da Dieta
- NOVO BLOG
Nutrição e Saúde

"Ciúme é querer manter o que se tem; cobiça é querer o que não se tem; inveja é querer que o outro não tenha!"

(Zuenir Ventura)


dating sites free web stats Health sites


Votação:
- Dê uma nota para meu blog

Indique esse Blog

Contador:

Créditos




VICKYS.com.br


Tire todas as suas dúvidas sobre blogs.


Coisinhas e Tal


101 coisas em 1001 dias

Início:15/01/2007
Término:12/10/2009

1.Fazer financiamento ou consórcio de uma casa ou apartamento[Jan/2008]
2.Morar sozinha
3.Ter um animal de estimação
4.Eliminar ao menos 300g por semana até atingir minha meta
5.Fazer uma lipoaspiração
6.Pesar 57 Kg e me manter nesse peso até o final do projeto

7.             Vender minha esteira    [Em 21/01/07]

8.Voltar para Academia[Desde 01/2008]
9.Aprender a correr
10.Participar de pelo menos 02 corridas por ano
11.Comprar um monitor cardíaco [02/2008]
12.Fazer uma seleção de músicas no MP3 player para corrida

13.Passar uma semana no SPA [06/02 – 15/02/07]


14.Ir ao cinema a cada 02 meses
15.Assistir ao menos um DVD por mês em casa
16.Ir ao teatro ao menos 02 vezes ao ano
17.Poupar 10% do meu salário por mês até conseguir o financiamento do imóvel[01/2008]
18.Fazer uma viagem ao Nordeste ou exterior[12/2007]
19.Postar no blog a cada 15 dias
20.Ir a um Encontro de Blogueiras Light no RJ
21.Terminar minha pós-graduação
22.Conseguir apresentar um trabalho da faculdade com clareza, sem gaguejar
23.Fazer um curso de inglês
24.Tomar sol/ ficar bronzeada pelo menos 02 meses no ano
25.Arranjar um namorado[Desisti]
26.Passar um fim-de-semana romântico num Hotel Fazenda[Desisti]
27.Ler todos os livros pendentes que eu tenho
28.Ler ao menos 02 livros por mês
29.Fazer um curso de auto-maquiagem
30.Usar maquiagem diariamente
31.Comemorar meu aniversário
32.Fazer aula de dança
33.Ficar sem tomar anti-depressivos por 01 ano
34.Passar 01 dia inteiro fazendo compras pra mim e não me arrepender disso
35.Voltar a fazer hidratação no cabelo 01 vez por mês [Desde mar/2007]
36.Fazer um “Cruzeiro Fitness” ou "Cruzeiro Zen"[09/02 - 12/02/08]

37.Trocar os pneus do meu carro [03/02/07]


38.Conhecer a casa da minha irmã [06/04/07]
39.Conhecer o apartamento da minha amiga Silvana
40.Reencontrar a Magali e a Malu do SPA
41.Conhecer a Gisele e a Flavia pessoalmente
42.Visitar a minha amiga Dany e seus pimpolhos pelo menos a cada 02 meses[Desde 06/2007]
43.Organizar meu “armário de papéis” de casa
44.Lavar e/ou engraxar TODOS os meus sapatos [16/03/07]

45.Doar minha coleção de VHS da Folha de SP [20/02/07]


46.Terminar de assistir a 2ª temporada de LOST[23/04/07]
47.Comprar a 3ª temporada de LOST,quando sair[10/2007]
48.Conhecer mais uma cidade de SP
49.Fazer um tratamento estético para a celulite
50.Comprar 01 vestido vermelho “ultra-sexy”
51.Usar um biquini branco sem me envergonhar da cor ou do corpo
52.Passar 01 dia num SPA urbano
53.Beber 2 lts de água, mesmo estando em casa (no dia-a-dia eu tomo!)
54.Parar de tomar refrigerante light
55.Restringir a ingestão de doces aos fins de semana
56.Comer mais frutas (apesar de gostar muito, às vezes “esqueço”)[Desde 02/2007]
57.Conseguir viajar sem acrescentar mais de 3 Kg no meu peso[12/2007 - 02/2008]
58.Tirar pelo menos 15 dias de férias por ano
59.Emendar algum feriado por conta própria, já que lá na empresa não há “emendas”[Carnaval/2008]
60.Ir a um show de alguma banda/cantor que eu goste
61.Seguir o ritual de beleza proposto por minha dermatologista
62.Fazer um peeling nas costas
63.Fazer tratamento dos “vasinhos” da perna
64.Fazer um curso de jardinagem
65.Fazer um curso de mecânica de automóveis
66.Mudar minha CNH para categoria C
67.Aprender a nadar
68.Crismar a Amanda e a Samanta
69.Batizar a Larissa
70.Comprar um óculos de sol “legal”[10/2007]
71.Trocar meus óculos de grau, já que troco somente as lentes de contato
72.Ligar meu computador pelo menos 1x por semana[Desde mar/2007]
73.Entrar no MSN pelo menos 1x a cada 15 dias
74.Fazer upgrade no meu micro ou comprar um novo
75.Organizar minhas fotos no micro e revelar algumas
76.Organizar demais pastas e arquivos no micro
77.Organizar minha caixa de e-mails{Em 15/04/07]
78.Anotar todas as senhas dos sites que sou cadastrada[Fev/2007]
79.Parar de parcelar compras no cartão de crédito[Desde mar/2007]
80.Me livrar de despesas desnecessárias com cartão de crédito e produtos bancários[Fev/2007]
81.Planilhar TODOS os meus gastos por 03 meses[Mar/Abr/Mai/2007]
82.Reorganizar meu ambiente de trabalho de maneira mais prática[Terminei em 11/03/07]
83.Ir trabalhar sempre arrumada
84.Fazer pelo menos um curso de atualização na minha área por ano
85.Fazer um curso de culinária
86.Organizar minhas receitas
87.Fazer pelo menos 02 receitas por ano
88.Aprender a preparar arroz integral, de forma que fique bem saboroso
89.Reaprender a andar de bicicleta
90.Estabilizar meu humor, através da terapia (sem desmarcar a sessão sem motivo!)[Desde 10/2007]
91.Ampliar meus conhecimentos gerais, através de pesquisas/leituras mensalmente
92.Trocar de celular[01/2008]
93.Mandar polir meu anel de formatura
94.Fazer algumas sessões de drenagem linfática (até voltar a fazer mensalmente)

95.Fazer uma limpeza de pele [11/02/07]


96.Manter meu “ritual de beleza” semanal, mesmo qdo estiver deprimida
97.Aprender a utilizar a máquina de lavar, sem “estragar” as roupas
98.Voltar a fazer um trabalho voluntário
99.Doar pelo menos 03 cestas básicas por ano
100.Fazer uma nova lista de 101 coisas
101.Não fazer dessa lista mais uma cobrança na minha vida, e sim um incentivo para “lutar” pelo que quero